3 dicas para evitar a inadimplência no início de ano

Impostos, compras de Natal e gastos escolares aumentam o endividamento das famílias nessa época.

14-01-2019

.

O prejuízo causado pela falta de pagamento pode ser grande, em especial para a empresa que não conta com
planejamento financeiro para mitigar ou evitar a inadimplência. Mas esse processo precisa ser trabalhado em qualquer negócio, porque o número de brasileiros nessa condição é alto. Em junho de 2017, era de 61,8 milhões de pessoas — 40,3% da população adulta.

No começo do ano, a situação de inadimplência tende a se agravar. Trata-se de um período em que muitas compras de Natal são pagas, há a necessidade de adquirir material escolar e quitar impostos — como IPVA e IPTU.

A organização com alto nível de inadimplência pode sofrer com queda de lucro e dificuldade de gerar caixa para pagar suas próprias contas. Quando não sabe lidar com esse cenário, pode até ocasionar desconforto para o consumidor devedor, chegando a perdê-lo quando ele tiver se recuperado financeiramente.

Pensando nesse problema, montamos uma lista com algumas dicas de como evitar a inadimplência no início do ano. Confira!

1. Oferecer diferentes formas de pagamento

Para facilitar a vida de quem está inadimplente, é importante oferecer o maior número possível de formas de pagamento. Assim, aumenta-se a chance de a pessoa conseguir quitar sua dívida.

Afinal, se uma loja só aceita cartão de crédito e o consumidor teve o seu cancelado por algum motivo, dificilmente ele será capaz de limpar seu nome diante do negócio. Para evitar esse tipo de situação, ofereça pagamento via:

  • boleto;

  • cartão de débito;

  • débito em conta;

  • Débito Direto Autorizado (DDA);

  • PayPal, PagSeguro ou outro meio de pagamento online;

  • transferência (TED ou DOC);

  • depósito em conta-corrente;

  • cartão de crédito.

Nesse caso, vale destacar que há empresas que já oferecem o pagamento com mais de um cartão em uma mesma compra. Dá para fazer isso com uma dívida gerada por inadimplência.

2. Escolher a data de pagamento corretamente

Um erro comum que deve ser evitado é a escolha de uma data de vencimento inadequada para o consumidor. Por exemplo, se ele recebe seu salário dia 10, dificilmente conseguirá quitar uma fatura no dia 8. Mas isso é comum, em especial quando se concede desconto para que ele pague logo a conta.

Nesse caso, a dica é dar um desconto um pouco menor para a data ideal, ou tentar manter o benefício integral se ele precisar de apenas alguns dias a mais. Do contrário, ele poderá se tornar um devedor.

O mesmo vale na hora de renegociar uma dívida. Tente conceder um prazo alinhado com o recebimento do cliente, a fim de que o acordo não seja perdido por uma nova falta de pagamento.

3. Desenvolver uma boa relação com o cliente

É fundamental desenvolver uma boa relação com o consumidor, de modo que ele tenha estima pelo seu negócio. Dessa forma, caso ele conte com muitas contas e pouco recurso financeiro, poderá priorizar a sua empresa no pagamento.

Além disso, é possível que ele seja mais sincero em relação à sua situação econômica. Consequentemente, as duas partes (organização e cliente) terão maior chance de chegar a um acordo vantajoso para ambos.

Para evitar a inadimplência na empresa, é importante investir em uma análise profunda de crédito e em um bom atendimento ao público. Também é indicado investir em uma solução tecnológica capaz de mapear o hábito de consumo, o comportamento e o histórico do cliente, a fim de identificar qualquer tendência de não pagamento.

Conheça agora as soluções educacionais de gerenciamento de negócio oferecidas pelo Santander em parceria com a Fundação Dom Cabral! Com elas, você poderá descobrir pontos que necessitam de melhoria e aprimorar a performance da sua empresa.

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Como ter mais caixa todo mês

Notícias e Atualidades

O que é CMV e por que eu preciso saber isso?

Desenvolvimento

Economia em 1 minuto: PIB e desemprego

Desenvolvimento

Mentoria Online | Gestão Financeira

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR