Como identificar um funcionário desmotivado? Confira 5 sinais

Entender os motivos é essencial para reverter a situação.

26-10-2018
funcionário desmotivado

Um funcionário desmotivado pode causar prejuízos tanto para si próprio quanto para a empresa. Quando um colaborador não se sente valorizado pela companhia, ele pode prejudicar o andamento dos processos por conta da procrastinação ou da falta de ânimo para realizar o que precisa ser feito.

Mas como detectar um colaborador desmotivado? No artigo de hoje, você vai saber como identificar essa situação e o que fazer para trazer mais ânimo à equipe. Continue a leitura e confira!

1. Desempenho abaixo da média

Ao verificar o resultado quinzenal ou mensal da sua equipe, você percebe que o funcionário não teve o aproveitamento esperado durante aquele período. Em um primeiro momento, apenas observe: ele pode estar com um problema pessoal momentâneo ou simplesmente não ter se saído muito bem no projeto.

Porém, quando essa falha no desempenho ocorre com frequência, é sinal de alerta: a baixa performance constante pode significar um descontentamento com o trabalho.

2. Falta ou atraso frequente

Toda semana há algum atraso ou ausência do profissional em questão. Fique atento: o funcionário desmotivado fica sem energia para cumprir a atividade, não consegue focar e pode acabar inventando uma desculpa para faltar ao trabalho.

Observe se esse comportamento de se ausentar ou atrasar muito é constante. Caso a resposta seja afirmativa, chame o colaborador para uma conversa informal, pergunte se há algum problema em sua família e coloque-se à disposição para ajudar.

3. Conflito interno

O funcionário que não tem motivação acaba repassando sua frustração a outros colegas. Veja alguns indícios de que há um desânimo no ar:

  • responsabilizar outra pessoa por uma tarefa não entregue;

  • criar conflito com algum colega;

  • participar de fofoca.

 

É preciso ficar muito atento a esse comportamento, já que o desânimo do funcionário que age dessa forma pode contaminar a equipe e prejudicá-la como um todo.

4. Falta de ânimo para trazer ideias

Na reunião periódica para apresentar novidades ou pedir ideias, você percebe algum funcionário distante, pouco participativo? Fique de olho nele. Se esse comportamento acontece sempre, pode ser que haja algum descontentamento com o trabalho. Nesse caso, pedir um feedback a ele sobre sua postura também vai ajudar a valorizá-lo e a entender o que causa o desânimo profissional.

5. Diminuição da comunicação entre o funcionário e o gestor

Você vê que o colaborador fica distante, evita fazer contato visual e passa longe na hora do café? Isso pode ser, também, um sinal de frustração. Quando um funcionário está desmotivado, ele evita o contato próximo com seu gestor, seja por vergonha ou até por medo de ser interrogado.

É um desafio entender as razões pelas quais um profissional está desanimado e até constatar essa situação. Porém, é essencial observar a equipe, ver a reação de cada um e perceber quando há um funcionário desmotivado. A partir de então, dê voz a ele, coloque-se à disposição, apure o feedback. Com diálogo, é possível chegar a um consenso a fim de que o trabalho seja satisfatório para ambos.

Sabia que a falta de motivação pode ser até por acúmulo de trabalho? Contrate funcionários capacitados e reforce a sua equipe por meio da nossa parceria com o site trabalhando.com!




O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR