A importância do networking para um empreendedor

Entenda por que fazer networking é considerado fundamental para um empreendedor e saiba como ter boas experiências com o tema.

10-12-2015
importancia-do-networking-para-o-empreendedor-noticiasFoto: Shutterstock

'Uma troca de experiências e conhecimentos que pode trazer, como consequência, novos negócios'. É isso que significa o networking entre profissionais, para o coach Alexandre Prates.

Segundo um estudo da consultoria internacional Robert Half, o e-mail é apontado como o maior canal utilizado para manter contatos profissionais e fortalecer o networking (50%). Nos três anos anteriores, quem liderava a pesquisa eram as redes sociais. O levantamento indicou também que a maior motivação para o networking é a possibilidade de se atualizar sobre as novidades e avanços da área de atuação.

Mas, afinal, qual é a importância disso para um empreendedor? Prates afirma que o networking é fundamental por dois principais motivos:

A. Criação de uma reputação da empresa e do empreendedor;

B. Ampliação da visão que o líder tem em relação aos seus negócios e outros segmentos.

'Se você vai abrir uma empresa e tem duas opções: ter muito dinheiro ou fazer muito networking, eu indicaria a segunda alternativa, pois mesmo que você tenha recursos, se você não construir parcerias, irá gastar tudo e, possivelmente, não vai atingir os resultados desejados', exemplifica o coach. Para ele, o networking proporciona ao empreendedor construir bons relacionamentos e fazer parcerias que contribuam com o negócio de forma espontânea.

Pensando nisso, veja 5 práticas que podem ajudar você a realizar um bom networking:

1. Não olhe as pessoas como concorrentes
Parceiros. É assim que você deve encarar os outros profissionais. “Não é criando inimigos no mercado que sua empresa irá crescer”, diz Prates. Portanto, não tente demonstrar que a sua organização é melhor que a do outro. Além disso, troque o máximo de informações com o objetivo de ajudar a todos.

2. Sirva às pessoas
'Um bom networking funciona quando você serve às pessoas', explica ele. Segundo Prates, um dos maiores erros é querer apenas extrair e ser o protagonista da história.

3. Não queira vender
Sabe aquela pessoa que chega ao evento querendo vender o próprio produto? O coach conta que esse tipo de deslize é comum: 'networking não é para isso, mas sim para se relacionar. Depois, você pode ligar e marcar reuniões pessoais.'

4. Aproxime pessoas
Segundo Prates, o networking pode se intensificar ainda mais quando você apresenta um profissional a outro e, além disso, com o tempo, você passa a ser referência entre as pessoas.

5. Se prepare para o networking
Para você, o que significa estar preparado? De acordo com as dicas do coach, é interessante estudar afundo o evento ou encontro e saber de onde vêm as pessoas que circulam por ali. 'Esteja antenado com o mercado e o mundo. As pessoas sempre se aproximam daquelas que têm conteúdo.'


Leia também:
» Como equilibrar trabalho e vida pessoal
» A importância de uma relação próxima entre líder e funcionário



CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

As principais características para criar um site de e-commerce

Notícias e Atualidades

Você sabe o que é cashback?

Desenvolvimento

Webnário - Governança Corporativa

Desenvolvimento

Planejamento Estratégico

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR