Por que o microgerenciamento não é a melhor opção?

Esse tipo de gestão é uma das maiores causas de desmotivação, estresse, inibição de talento e desânimo dentro das empresas.

08-08-2018

microgerenciamentomicrogerenciamento

Colaboradores desmotivados, equipe sem iniciativa, dificuldade para atrair e reter talentos… Esses são alguns dos principais problemas que minam o resultado de qualquer negócio. Em muitos casos, a causa é o microgerenciamento. Você sabe do que se trata e como afeta uma empresa?

Então, não perca este artigo. Vamos explicar o conceito, mostrar por que ele prejudica seu resultado e apontar soluções para que o microgerenciamento deixe de ser uma realidade no seu dia a dia.

O que é microgerenciamento?

Trata-se da prática de fiscalizar excessivamente o trabalho da equipe. Um gestor que microgerencia não delega responsabilidades, ele apenas atribui tarefas. Além disso, diz com exatidão como a atividade deve ser feita e controla até o mínimo detalhe, não permitindo nenhum nível de autonomia.

Qual é o resultado do microgerenciamento?

Pode não ser a intenção do gestor, mas o microgerenciamento transmite a mensagem de que a outra pessoa é incapaz. Se ela precisa de uma instrução tão minuciosa, é porque não é digna de confiança.

Como resultado, a equipe se torna desmotivada. As pessoas se sentem incompetentes, já que foi essa a projeção realizada pelo gestor. O controle constante produz estresse e prejudica a relação com os colaboradores.

O microgerenciamento também faz com que o funcionário não desenvolva plenamente seu potencial. Ele fica preso ao velho modus operandi do gestor capataz. Não existe espaço para inovação e sugestões para melhorar um processo.

Além disso, o profissional Millennial não se adapta ao microgerenciamento. Ele gosta de ser desafiado e performa melhor quando tem autonomia. Diante de um controle rígido, costuma buscar oportunidade em outra organização.

Como evitar o microgerenciamento?

Como você pode perceber, o microgerenciamento é péssimo para o negócio. Ele mina a produtividade, dificulta a retenção de talentos e impede a eficiência empresarial.

Abaixo, algumas dicas para ajudá-lo a gerenciar esse tipo de comportamento. Confira a seguir!

1. Monte uma equipe de confiança

O problema do gestor que pratica o microgerenciamento é sua falta de confiança na capacidade dos colaboradores. Isso pode ser resolvido à medida que ele forma uma equipe com as habilidades necessárias ao cumprimento das tarefas.

Porém, se ninguém consegue conquistar a confiança do gestor, esse é um sinal de alerta. É estatisticamente improvável que o mercado só tenha profissionais incompetentes.

Se o gestor vê dessa forma, talvez ele precise de ajuda para controlar sua própria ansiedade e enxergar que é possível obter um bom resultado a partir da ideia de outro profissional.

2. Incentive a comunicação efetiva

O gestor não precisa — nem deve — deixar de participar de forma ativa do projeto. Ele pode se comunicar efetivamente com a equipe, estabelecendo uma meta para cada ação.

A comunicação é uma via de mão dupla. Portanto, o gestor também deve ouvir seu colaborador. Ele pode estabelecer um objetivo e pedir que a equipe traga ideias de como alcançá-lo, por exemplo. Esse diálogo tem o potencial de estabelecer o melhor plano de ação.

Além disso, um bom gestor deve saber conduzir o projeto. Ele se coloca à disposição para orientar a equipe, acompanha o andamento das tarefas e oferece feedback.

3. Esteja aberto a novas ideias

Muitas vezes, o colaborador é capaz de trazer contribuições valiosas para a empresa. Ele trabalha no chão da fábrica ou atende o cliente, o que significa que conhece muitos problemas e suas possíveis soluções.

É importante que o gestor esteja disposto a ouvir essas ideias, que podem simplificar determinado processo.

Finalmente, o empreendedor pode praticar o microgerenciamento apenas porque não conhece outro modelo de liderança. Se é esse o caso, é bom ressaltar que a atualização constante ajuda no desenvolvimento de competências necessárias à gestão de negócios.

Quer investir em capacitação  ? Conheça as opções no nosso portal de cursos online!

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Descubra os principais tipos de avaliação de desempenho

Notícias e Atualidades

Aumente o engajamento dos seus funcionários com 5 dicas simples

Desenvolvimento

Quem é grande não pensa pequeno

Desenvolvimento

Estratégias e soluções inovadoras sobre remuneração em curto prazo

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR