6 curiosidades sobre o cultivo de algodão no Brasil

Nos próximos anos, área plantada deve crescer 20% no país. Saiba também como se iniciou esse ciclo na história da agricultura nacional

07-02-2018

Algodão


Já há alguns anos, o país está entre os cinco maiores produtores de algodão do mundo. Ao seu lado estão a China, EUA, Índia e Paquistão.

Há destaque, também, para o potencial perfil de exportação do produto ao redor do mundo – que também faz o Brasil figurar entre os maiores na categoria.

Conheça algumas curiosidades sobre a origem e, também, dados recentes referentes ao atual ciclo do cultivo de algodão no Brasil.

 

1. O início do ciclo do algodão

O ciclo do Algodão no país tem seu início entre o final do século XVIII e começo do século XIX, com foco na produção quase que totalmente voltado à exportação para a Inglaterra.
Lembrem-se que estava em andamento a Revolução Industrial naquele continente e o algodão que chegava do Brasil como matéria-prima era muito bem-vindo.

 

2. Aumento na área plantada

De acordo com informações da consultoria INTL FCStone, a área plantada de algodão no Brasil deve crescer 20% no período referente ao ciclo 2017/2018.

Em números, isso representa 1,13 milhão de hectares – maior área desde o ciclo 2011/2012.

 

3. Produção recorde

De acordo com o mesmo relatório produzido pela INTL FCStone, o mais recente ciclo (2016/2017) registrou aumento recorde na produção – 22%.

Isso representa 1,57 milhão de toneladas.

 

4. Primórdios maranhenses

No início dos ciclos do algodão, a produção concentrava-se no Estado do Maranhão.

A comercialização do produto na Europa (que utilizava de mão-de-obra escrava, africana) era conduzida pela Companhia Geral do Comércio do Grão-Pará, criada em 1756.

 

5. Superação do ciclo anterior

A produção de algodão no Brasil havia registrado um ciclo de clima desfavorável entre 2015/2016.

Na ocasião, houve redução na área plantada, na proporção de 1,7%.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o rendimento médio do ciclo atual tem média de 1,629 kg de pluma por hectare – e é considerado um dos maiores já vistos no segmento.

 

6. Aumento regional

Para se ter uma ideia das proporções da previsão no que tange ao aumento da produção de algodão em determinadas regiões do país, há o exemplo do Mato Grosso.

De acordo com o relatório da INTL FCStone, o plantio no Estado vai chegar a 720, 5 mil hectares –  um aumento de 15%.

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

3 tendências do agronegócio que você precisa acompanhar

Notícias e Atualidades

Fatos e curiosidades sobre a produção de soja no Brasil

Desenvolvimento

Programa Produzindo Certo - Fazenda Brasilândia

Desenvolvimento

Programa Produzindo Certo - Fazenda Santa Fé

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR