Entenda o fenômeno de crescimento da Apple

Valor de mercado da empresa atingiu U$ 1 trilhão.

11-10-2018

Entenda o fenômeno de crescimento da Apple

Em 1976, no Vale do Silício,
Steve Wozniak, Ronald Wayne e Steve Jobs deram início a uma marca que se tornaria uma das mais valiosas do mercado, a Apple. Passados mais de 40 anos de sua criação, ela continua com uma presença inigualável, e seu produto tem status em função do alto valor tecnológico e de design.

Como explicar o crescimento da Apple e a manutenção desse sucesso? No artigo de hoje, você vai conhecer um pouco mais sobre a história da marca e o motivo de ela ser tão valiosa. Acompanhe!

O início e a inovação na criação de aparelhos

O primeiro produto lançado pelo trio fundador foi um kit, chamado de Apple I. Ele consistia em peças que permitiam que o consumidor montasse sua própria máquina pessoal. Em 77, foi lançado o Apple II, uma evolução do kit com peças mais modernas. Ele fez a empresa decolar em um sucesso que se estenderia até a atualidade.

Na década de 80, surgiu o primeiro Macintosh, e vários outros modelos foram lançados em seguida. Em 2001, porém, seria o início de uma nova era: Steve Jobs apresentou o iPod, uma mistura de MP3 Player com a loja iTunes, o que revolucionaria o mercado tecnológico e também o musical.

Em 2007, Jobs apresentou um novo aparelho que seria uma febre: a mistura de um telefone com o iPod. Ele se transformou no iPhone, que até hoje tem uma nova versão lançada duas vezes ao ano, em média.

O diferencial da maçã

Muitos negócios se perguntam qual é o segredo para o crescimento da Apple ser tão constante. Além ser dinâmica, a empresa sempre soube aliar engenharia de tecnologia com design. Isso significa que o aparelho é bonito e apresenta um formato diferenciado, mas também que tem um funcionamento excelente e traz uma nova facilidade ao usuário a cada lançamento.

Por muito tempo, a equipe da Apple era reduzida, principalmente na criação dos modelos mais famosos, como o iPhone. Steve Jobs, que faleceu em 2011, trabalhava com um número pequeno de pessoas pois era ele quem dava a maioria das ideias para a inovação dos aparelhos. Porém, essa cultura pode estar em processo de mudança.

O crescimento da Apple se dá não apenas pelo diferencial tecnológico e de design, mas por ter conseguido trazer um sistema que integrasse seu produto e que fosse fácil de usar. Quem tem vários aparelhos diferentes, por exemplo, pode se conectar com todos pelo sistema, o que garante facilidade no acesso de onde estiver.

O resultado do crescimento da Apple

No ano de 2018, a venda de smartphones gerou US$ 120 bilhões no mundo. A Apple, por sua vez, foi responsável por US$ 61,4 bilhões desse montante. Ou seja, a maçã representou sozinha 51% das vendas de aparelhos, o que é uma enorme vantagem sobre a concorrência. Hoje, seu valor é avaliado em US$ 1 trilhão, sendo a primeira empresa privada do mundo a atingir essa marca.

O crescimento da Apple é digno de um estudo profundo, mas em uma breve análise já é possível entender que ela sempre priorizou a experiência do usuário e focou em superar a expectativa — tanto no design quanto na usabilidade. Por isso, ela continua em ascensão e é uma inspiração para o empresário que sonha em transformar sua companhia em referência de mercado.

Se você deseja ter mais visibilidade na sua empresa, não deixe de conferir nossas ferramentas de estratégia e gestão para atender melhor seu cliente e se diferenciar da concorrência!

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR