Como o storytelling pode beneficiar seu negócio

Prática comum ao marketing digital é fundamental na hora de conquistar clientes

19-05-2017

Foto: Shutterstock

Clientes querem, cada vez mais, se identificarem com as marcas dos produtos e serviços que adquirem. Para as empresas, é desafiador conquistar não só o interesse desses consumidores, como também o seu engajamento em relação ao negócio.

Uma técnica que pode ser utilizada para facilitar o processo de conquista e alavancar o número de vendas e novos clientes é o storytelling: criação de histórias que emocionam e se vendem praticamente sozinhas.

Para sensibilizar e obter ligações com os consumidores, a empresa, basicamente, deve construir uma história e torná-la atrativa por meio de textos e conteúdos audiovisuais, utilizando – e mesclando – canais online e offline.

Por exemplo, não basta uma marca vender seu produto, os clientes, atualmente, querem saber como ele foi produzido, quem estava por trás da produção e se alguma causa social será beneficiada com os lucros. Os compradores querem sentir empatia e não apenas satisfação ao adquirir algo.

Não basta, também, divulgar a narrativa em apenas um canal: dessa forma, o público não será atingido. É preciso, estrategicamente, unir a história em diferentes mídias, para que o consumidor se interesse em saber sempre um pouco mais. Um anúncio em uma revista, pode direcionar para uma rede social, que pode levar o comprador a um site: a empresa ganha seguidores e ainda pode fechar uma compra.

Mas, para isso, a história precisa ser irresistível.

Construção da narrativa
Para construir a narrativa, a empresa precisa, antes de tudo, saber ouvir e entender o seu público e seus hábitos de consumo, só assim será possível criar uma história que instigue e encante essas pessoas a partir do que esperam de uma marca e seus produtos.

No momento de se pensar a estratégia de divulgação, a organização deve seguir o princípio de que os consumidores precisam se emocionar com o que estão vendo ou ouvindo. Ou seja, a linguagem deve ser pessoal e humana – corporativismo demais afasta; o conteúdo deve ser interativo e ter, de preferência, um personagem; e a história, para chamar ainda mais a atenção, pode ter algum conflito que seja resolvido no final da narrativa.

Efeito storytelling
Quando a marca apresenta narrativas interessantes aos seus consumidores, divulga seu produto e serviço de forma sutil, mas muito mais eficaz: indiretamente, o número de vendas aumenta a partir do momento em que clientes se aproximam do negócio por empatia. Além disso, a imagem de uma empresa fica ainda mais positiva quando o mercado tem uma percepção efetiva sobre sua atuação.

Fato é que: pessoas querem comprar de locais que não só se preocupam em vender, e sim com todo universo a sua volta. E o storytelling é a única ferramenta capaz de transmitir isso para o público.

Veja também:
» Quero que minha empresa cresça: as principais notícias sobre gestão, mercado, marketing, estratégia e finanças
» Conexões: os cases de sucesso que indicamos conhecer
» Cursos online que disponibilizamos para você e seus funcionários
» Construindo Equipes: anuncie suas vagas gratuitamente conosco
» Desenvolvimento: as ferramentas essenciais para gerir o seu negócio

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

4 formas diferentes de internacionalizar o seu negócio

Notícias e Atualidades

O que pesquisar antes de abrir uma franquia

Desenvolvimento

Os novos empreendedores digitais com Romero Rodrigues Herman Kazah e Gustavo Arjones

Desenvolvimento

A Hora da Verdade: Reestruturação de Empresas

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR