Como lidar com gerações diferentes no ambiente de trabalho

Gerações possuem modelos de trabalho diferentes; a tarefa de conciliá-los é difícil, mas não impossível

03-05-2017

lidar-geracoes-diferentesFoto: Shutterstock

Quatro gerações distintas em um ambiente de trabalho. Quatro formas de agir e pensar. Quatro modelos de trabalhos diferentes. Baby Boomers, X, Y – ou Millennials e Z. Como fazer com que todas convivam no mesmo espaço e, ainda, fazer com que a empresa tire o máximo de proveito disso?

Para que o ambiente de trabalho se mantenha harmonioso, saudável e produtivo é essencial que a organização esteja apta a entender as diferenças entre as quatro gerações e a conviver com elas, além de estimular a compreensão dos funcionários acerca da diversidade de perfis, pensamentos e ideias.

Como as pessoas são o principal ativo de uma empresa, a companhia precisa se adaptar à maneira como cada colaborador trabalha, para, assim, extrair o melhor dos profissionais e estabelecer metas alcançáveis a partir das características de sua geração.

O primeiro passo é aceitar que as diferenças existem e que podem atrapalhar o desempenho da empresa. O segundo, é analisar e compreender os comportamentos, percepções e objetivos de cada geração.

1. Baby Boomers: nascidos entre 1946 e 1964, costumam ficar muitos anos em seus empregos – alguns tendo tido apenas um ao longo da vida – e demonstram forte ligação com o trabalho.

2. Geração X: nascidos entre 1965 e 1980, foram influenciados pela globalização, passam a valorizar mais a liberdade, a flexibilidade e a criatividade e são os primeiros a aprenderem a lidar com a tecnologia e a internet.

3. Geração Y ou Millennials: nascidos entre a década de 80 e o final dos anos 90, cresceram sob a influência da internet, por isso são ávidos por inovação, especialmente no ambiente de trabalho, e prezam muito pela qualidade da vida pessoal.

4. Geração Z: filhos da geração X, nascidos nos anos 2000, já começaram a fazer escolhas profissionais e são altamente conectados.

COMO LIDAR COM AS DIFERENÇAS
Após entender as diferenças entre as quatro gerações, a empresa deve começar a pensar em ações de conciliação entre cada uma delas. Partir do princípio de que opiniões diversas podem ser fundamentais para o progresso da organização é um diferencial.

1. Formal x Informal: locais de trabalho costumavam ser muito formais, por isso, gerações antigas tendem a se incomodar com a informalidade propostas pelas atuais. É papel da organização deixar claro a postura que espera de seus funcionários e o quão formal quer ser em seu posicionamento sempre procurando adequar os dois perfis. Ao mesmo tempo, a organização pode propor um ambiente mais informal, promovendo a interação entre os colaboradores.

2. Meios de comunicação: como lida com diferentes públicos internos, uma empresa deve investir em diferentes meios de comunicação. Ou seja, se possui uma newsletter, também deve produzir um conteúdo impresso. Assim, todos os funcionários se sentirão representados, fazendo com que a comunicação seja ainda mais efetiva.

3. Conheça seus funcionários: independentemente da geração, cada funcionário prefere se comunicar de uma maneira e trabalha de forma diferente. A empresa, especialmente o gestor, precisa conhecer o perfil de cada colaborador para descobrir como lidar com seu posicionamento.

4. Estimule a interação: pense em iniciativas que farão com que os membros de cada geração interajam de forma positiva entre si. Quanto mais os funcionários pensarem que podem aprender com seu colega de trabalho, melhor. Além disso, traga assuntos atuais para as gerações mais antigas por meio de eventos ou treinamentos, fazendo com que mudem sua percepção em relação às novas gerações e sintam que também podem fazer parte da mudança.

5. Trate o assunto de maneira aberta: a partir do momento em que os funcionários tem conhecimento sobre a diferença de valores entre as gerações, sua convivência fica muito mais amigável. Trabalhar o tema nas comunicações internas pode fazer com que muitos estereótipos sejam derrubados, fazendo com que cada geração entenda melhor a outra. Promover e estimular o respeito entre as partes é essencial nesse momento.

Veja também:
» Quero que minha empresa cresça: as principais notícias sobre gestão, mercado, marketing, estratégia e finanças
» Conexões: os cases de sucesso que indicamos conhecer
» Cursos online que disponibilizamos para você e seus funcionários
» Construindo Equipes: anuncie suas vagas gratuitamente conosco
» Desenvolvimento: as ferramentas essenciais para gerir o seu negócio

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Inteligência artificial no RH: veja aplicação prática

Notícias e Atualidades

O que é mentoring e como implementá-lo na empresa?

Desenvolvimento

Como ensinar aos seus colaboradores hábitos financeiros saudáveis

Desenvolvimento

Gestão por confiança

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR