Como aproveitar a alimentação orgânica nos negócios

Alimentos mais sustentáveis estão na lista de interesse de consumidores de diferentes níveis socioeconômicos. Saiba como investir nesse momento

20-02-2018

Organic

Um mercado extremamente consolidado nos Estados Unidos, o consumo de alimentos orgânicos está na mesa de mais de 80% dos americanos – e rende impressionantes cifras anuais na casa de US$ 50 bilhões de dólares.

No Brasil, o cenário é menor – 15% das famílias brasileiras afirmam ter consumido orgânicos.

No entanto, apesar de pequeno, esse panorama se mostra bastante propenso ao crescimento. É nesse quadro que fica a seguinte questão: como aproveitar a alimentação orgânica nos negócios?

 

Como atuar no mercado de alimentos orgânicos

De acordo com número do Sebrae, no país há mais de 15 mil propriedades destinadas aos orgânicos. A grande maioria desses locais é ligada à agricultura familiar.

Para esse público, existem linhas de financiamento e incentivos governamentais específicos tanto para o apoio à produção quanto para a transição para esse perfil de cultivo.

Diante desse cenário, existe uma busca pelo aproveitamento desses alimentos produzidos de forma sustentável, sem o uso de agrotóxicos e modificações genéticas.

Uma forma de se sair bem nesse modelo de negócio está em buscar qualidade e relevância diante do mercado.

 

Opções para distribuição de orgânicos

A alimentação saudável vem se consolidando como uma tendência nos mais diversos âmbitos e segmentos dos produtos alimentícios.

Se sua proposta é a de trabalhar como um distribuidor desses produtos, é muito importante estar com o terreno preparado, reunindo o maior número de informações sobre o segmento.

Supermercados, cada vez mais, destinam áreas inteiras para esse tipo de produto.

Além disso, cresce o número de estabelecimentos específicos, lojas de menor porte inteiramente dedicadas a esses produtos – nas ruas ou em shoppings centers.

A distribuição vai além: até mesmo em pontos de venda alternativos, como em pequenas galerias no metrô ou em academias de ginástica.

 

Sua empresa deve fazer marketing sustentável em 2018

 

Invista no diferencial

Uma coisa é certa: em meio a um cenário de crescimento, a competitividade aumenta consideravelmente e isso significa que seu produto deve chamar a atenção do consumidor.

Além da qualidade e eficiência na distribuição, é preciso ser diferente e relevante.

A embalagem dos produtos pode ser uma boa ferramenta. Uma nova roupagem para um produto pode chamar a atenção do cliente e criar um primeiro contato.

No entanto, a fidelização vai além do rótulo: é preciso ter o diferencial, desde a produção à distribuição. Comunicar essas práticas pode ser uma forma eficiente de conquistá-lo pela sustentabilidade ecológica e social dos seus negócios.

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Como definir os limites entre vida profissional e pessoal?

Notícias e Atualidades

Evite estas 4 gafes e mantenha sua imagem profissional

Desenvolvimento

Day 1 | O brasileiro que desafiou os melhores

Desenvolvimento

Day 1 2016 - Gustavo Ziller

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR