Antecipação de tendências: como se programar estrategicamente?

Programar-se para as tendências do futuro não necessariamente significa fazer aquilo que está em alta no momento. É, na verdade, uma maneira de manter-se relevante no mercado. Saiba como se programar!

10-05-2018

antecipacao de tendencias

Obviamente, nem tudo pode ser previsto ou controlado. Ainda assim, a antecipação de tendências ajuda a preparar aquilo que é possível e ter a cabeça aberta para se posicionar perante novos rumos do mercado!

A seguir, entenda como a antecipação de tendências ocorre na prática, como desenvolver a mentalidade para isso e confira 7 dicas para se programar estrategicamente.

 

O que são tendências

A palavra “tendência” significa a disposição natural de uma coisa ou pessoa para se mover em direção a outra coisa ou outra pessoa.

Portanto, tendências não são conjecturas aleatórias, totalmente imprevisíveis. São, na verdade, aquilo que podemos esperar para o futuro, de acordo com as informações que temos sobre o presente e analisando o passado.

 

1. Pense no longo prazo

Ao gerenciar, tenha sempre em mente que o futuro pode exigir ações diferentes das condições atuais da empresa.

 

2. Deixe espaço no planejamento

O planejamento não pode ser engessado e imutável. Deixe espaço para o inesperado e desenvolva estratégias flexíveis.

 

3. Registre tudo

William Deming, famoso nome da administração e controle de qualidade, dizia: “Não se gerencia o que não se mede”!

Então, a regra é medir (mensurar) e, para isso, é preciso registrar tudo: gastos, ações, resultados. Não há como se preparar o futuro sem ter dados sobre o passado.

 

4. Tenha reserva de caixa

Adaptar-se a um novo panorama também pode demandar gastos. Conte com um capital de giro ou uma verba específica para investimentos em inovação e mudanças. Assim, você evita ser pego de surpresa ou endividar-se.

 

5. Mantenha-se atualizado

Preste atenção às mudanças nos hábito dos consumidores, no trabalho das outras empresas (mesmo as que não são da sua área), na economia do país e do mundo. Seja curioso, observador; leia, pesquise, converse com pessoas.

 

6. Analise a si mesmo

Fora da sua empresa, você também é um consumidor e cliente. Como tem sido o seu comportamento? Que produtos você tem deixado de consumir? Que hábitos de consumo você tem mudado?

Analise seu comportamento de consumo e veja quais hábitos refletem mudanças do mercado.

 

7. Conte com a ajuda de especialistas

Existem profissionais especializados em analisar e prever tendências: os cool hunters. Boa parte trabalha de forma freelancer, o que significa que você pode contratar seus serviços sem ter que empregá-los na empresa.

Caso essa opção não seja viável, considere treinar alguém de sua equipe e/ou designar momentos nas reuniões para que todos pensem e conversem sobre os rumos do mercado.

Antecipação de tendências pode parecer trabalhoso, mas, quando aprendemos a desenvolver essa mentalidade, ela se reflete em tudo que fazemos dentro da empresa! Se você gostou do conteúdo, assine nossa newsletter para continuar aprendendo sobre estratégias para melhorar seu negócio!

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Conheça 4 regras do GDPR e veja como se adequar!

Notícias e Atualidades

Monetização de dados já é realidade nas empresas

Desenvolvimento

Aprenda os segredos de um dos maiores CEOs de todos os tempos

Desenvolvimento

Como ser o número 1 e não apenas mais 1 no mercado

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR