Não procure um funcionário durante seu período de férias

Prática pode prejudicar desempenho futuro de colaborador na empresa

17-05-2017

Foto: Shutterstock

Ao menos uma vez por ano, o funcionário de uma empresa tem direito de tirar férias e aproveitar seu tempo livre da maneira que desejar. Evitar trabalhar nesse período é fundamental para que, na volta, o colaborador mantenha-se motivado com suas funções e responsabilidades.

Entretanto, não é incomum a empresa continuar mantendo contato com o funcionário para resolver demandas diárias. A prática, no entanto, pode vir a prejudicar o desempenho futuro do colaborador na organização, afinal, para manter uma boa performance, as pessoas também precisam ter tempo de aproveitar a vida pessoal.

O problema é fácil de ser solucionado. Basta um planejamento prévio entre o funcionário e, especialmente, a equipe da qual faz parte. Além disso, a empresa pode promover campanhas de qualidade de vida, que estimulem a consciência nos funcionários sobre a importância do período de férias na vida de cada colaborador.

Como o time pode se planejar
Antes de sair de férias, o funcionário deve se reunir com sua equipe para distribuir suas tarefas, pendências e prioridades. Na reunião, tem como responsabilidade ensinar aos demais colaboradores qualquer procedimento que possa fazer parte da sua rotina. Com esse encontro, é possível evitar uma série de imprevistos durante sua ausência.

É papel do gestor organizar o período de férias dos colaboradores, para evitar desfalque no time, além de promover a divisão de tarefas, conforme competências técnicas e habilidades de cada membro.

Problemas são inevitáveis
No mundo corporativo, problemas surgem sem nem dar sinal. Claramente, durante a ausência de um funcionário, um imprevisto que só ele sabe resolver pode aparecer. Nesse caso, o contato é realmente inevitável, afinal, tem impacto direto nos resultados da empresa.

Agora, no caso de projetos futuros, os colaboradores podem deixar reuniões pré-agendadas com o funcionário e compartilhar informações relevantes por e-mail – sem colocar caráter urgente no envio.

O papel do funcionário que está de férias
Em férias, o funcionário também deve se policiar para não contatar a empresa. É preciso evitar responder e-mails e não manter a mente preocupada com eventuais problemas. Ao mostrar que está disponível, consequentemente alguns colaboradores entrarão em contato.

Por esse motivo, evitar abrir a caixa de entrada é fundamental. Reservar um dia para verificar os e-mails e organizar-se para voltar pode ser uma boa solução. É importante deixar avisado que, em casos urgentes, o contato deve ser feito por telefone – reiterar que apenas em situações emergenciais.

Veja também:
» Quero que minha empresa cresça: as principais notícias sobre gestão, mercado, marketing, estratégia e finanças
» Conexões: os cases de sucesso que indicamos conhecer
» Cursos online que disponibilizamos para você e seus funcionários
» Construindo Equipes: anuncie suas vagas gratuitamente conosco
» Desenvolvimento: as ferramentas essenciais para gerir o seu negócio

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

O que é e como aplicar a pesquisa de clima organizacional

Notícias e Atualidades

O funcionário perfeito existe? Conheça 8 características essenciais em colaboradores

Desenvolvimento

Gente: o ativo mais importante

Desenvolvimento

Demissão: o que fazer quando ela é a única saída?