Busca
Agronegócio Empreendedorismo

Como o termo Internet das Coisas está relacionado ao seu negócio

Você, provavelmente, já ouviu falar do termo Internet das Coisas. A ideia é adicionar inteligência artificial e sensores a objetos do dia a dia, para que interajam entre si e com os seres humanos: basicamente são máquinas inteligentes, que conversam entre si e geram milhares de dados para aprimorar suas funções.

Os dados coletados pelos sensores IoT (sigla em inglês para Internet das Coisas) impactarão diretamente a forma de comprar e consumir nos próximos anos: as análises auxiliarão as empresas a transformar e otimizar a experiência de compra de seus clientes, que receberão ofertas cada vez mais alinhadas às suas necessidades.

Hoje, empresas já oferecem a chance de consumidores comprarem de onde estiverem utilizando recursos de realidade virtual, que permite que compradores experimentem produtos como se estivessem na própria loja ou consigam enxergar como os utensílios ficariam em suas casas ou escritórios.

Como funciona a Internet das Coisas?

A Internet das Coisas permite que negócios alcancem novos mercados e públicos de forma criativa e inovadora. E a expectativa é que os sistemas evoluam cada vez mais, fazendo com que a transmissão de dados se torne ainda mais precisa e a forma como nos relacionamos com a tecnologia se modifique totalmente.

A ascensão IoT irá permitir uma variedade de facilidades e serviços quando estiver incorporada de vez no mercado. Em poucos anos, você já conseguirá vê-la integrada ao seu dia a dia.

Exemplos de aplicações

A Internet das Coisas pode auxiliar uma empresa a acompanhar em tempo real sua linha de produção, informando o rendimento de máquinas e a necessidade de ajuste em algum equipamento.

Consegue, também, mostrar para o gerente de uma loja quando um item está faltando ou prestes a faltar, quando um produto está vendendo pouco ou em quais horários vende mais – facilitando a criação de campanhas e interação com clientes.

No segmento de transportes, pode informar com precisão aos usuários onde seu ônibus ou veículo está, além de facilitar que empresas a definirem melhores rotas, descobrirem falhas mecânicas, necessidade de reforçar a frota etc.

Sensores espalhados em plantações ajudam agropecuaristas a ficarem atentos em relação à temperatura ambiente, umidade do solo, controle de animais e outras informações necessárias para gerenciamento da terra e do gado.

Na área de saúde, a IoT auxilia médicos a controlarem informações dos pacientes em tempo real, sem a necessidade de realizar exames a todo instante.

Tenha acesso aos conteúdos exclusivos do Programa Avançar, feitos para ajudar você a impulsionar o seu negócio! Cadastre-se em nosso portal e confira.

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.